Magia do teatro a todo o vapor pelo vale do Douro


A vila de Sabrosa recebeu este sábado o segundo espetáculo da X Mostra de Teatro do Douro. O Grupo de Teatro do Centro Cultural Lordelense apresentou “O Chá de S. Cornélio” perante mais de uma centena de espectadores atentos à trama baseada no original “A Mandrágora” de Nicolau Maquiavel e adaptada por Ricardo Almeida.

Desde que o evento adquiriu dimensão regional, Sabrosa tem sido paragem obrigatória deste festival tendo inclusivamente recebido por diversas vezes a abertura do certame. Este ano a proposta apresentada foi a mais recente produção do Grupo de Teatro do Centro Cultural Lordelense, companhia que está em atividade desde 1978 e que o público de Sabrosa uma vez mais acarinhou.

No final do espetáculo, Ricardo Almeida, encenador do Grupo de Teatro do Centro Cultural Lordelense, expressou a importância da realização de festivais deste género, antes de ter apresentado o elenco de uma peça que está em cena há pouco mais de um mês. Também o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sabrosa, António Manuel da Graça, destacou a relevância da Associação Vale d’Ouro estar há dez anos a divulgar a cultura e o teatro através deste festival sem esquecer de enaltecer o magnifico trabalho apresentado pelo Grupo de Teatro do Centro Cultural Lordelense.

A Mostra de Teatro do Douro 2018 tem ainda mais cinco espetáculos, o próximo será no Auditório Municipal da Régua onde o Teatro Fórum Boticas apresentará “Carai, Valha-me Deus”, um texto original do autor de Boticas, José Carlos Barros, que faz uma profunda, emocionante e tocante reflexão filosófica sobre o nosso tempo e sobre as gentes de Trás-os-Montes através de uma divertida comédia.

Este festival vai percorrer a região do vale do Douro até 5 de maio com espetáculos ainda em Mesão Frio, Pinhão e Santa Marta de Penaguião. Os bilhetes para o espetáculo da Régua estão à venda no Audir e na BOL. Os espectadores podem ainda ganhar prémios só por assistirem ao evento. Todas as informações estão disponíveis em www.mostrateatrodouro.ascvd.pt .


15 abril 2018