"Falar Verdade a Mentir" no Pinhão


     Este sábado, a Casa do Povo do Pinhão recebeu a nova peça do Grupo de Teatro da Associação Vale d'Ouro, o clássico de Almeida Garrett, "Falar Verdade a Mentir" encenado por Fernanda Sousa.

       O Grupo de Teatro apresentou esta peça pela terceira vez, depois de Vermoim (Famalicão) e de Murça, agora perante o seu público que encheu por completo a Casa do Povo do Pinhão numa noite fria de janeiro.

       O novo trabalho do Grupo de Teatro leva-nos ao mundo da alta burguesia portuguesa da primeira metade do século XIX através da história do noivado, imprevisível e insólito, de Duarte Guedes, um jovem mentiroso compulsivo, e de sua noiva Amália. Aguarda-se que a intervenção de Joaquina e de José Félix, criados audazes e fiéis aos seus amos, torne as mentiras de Duarte credíveis. Terão sucesso nesta sua empreitada? Existe, pois, o senhor Brás Ferreira, pai de Amália, sempre preparado para apanhar Duarte numa das suas mentiras e anular o casamento. Algum suspense, muitos sorrisos, um dote pelo meio, um general, muita confusão e boa disposição foram os ingredientes desta noite.

       O espetáculo contou com a presenta de 70 espectadores entre os quais, o deputado de Vila Real, Artur Soveral Andrade, a Presidente da Junta de Freguesia do Pinhão, Sandra Moutinho, a vereadora da C. M.  Alijó, Mafalda Mendes e o Vice-Presidente da C.M. Tabuaço, José Carlos Silva.


21 janeiro 2020