Mostra de Teatro do Douro regressa a Santa Marta


No último sábado, Santa Marta de Penaguião, recebeu no seu Auditório Municipal o segundo espetáculo da XII Mostra de Teatro do Douro com a peça “Quem levou teus trinta ramos” do Teatro Fórum Boticas encenada por Hermínio Fernandes.

Esta peça, que na verdade são três abordagens diferentes ao tema da morte iminente ou anunciada, teve o dom de levar os cerca de oitenta espectadores a refletir no sentido da vida mas também a rir com as inusitadas peripécias que os textos de Gil Vicente e Raul Brandão, selecionados pelo Teatro Fórum Boticas, nos apresentam.

Hermínio Fernandes, encenador da peça, considera que se trata de uma forma interessante de “misturar” diferentes estilos de teatro e considera que o público tem reagido de “forma curiosa” a este trabalho do seu grupo de teatro. Já André Gomes, ator na peça, discorda que se classifique como drama um dos três momentos da noite porque, afinal de contas, trata-se de “refletir sobre o sentido da vida” sob vários prismas.

No final do espetáculo, Sílvia Silva, vice-presidente da Câmara Municipal de Santa Marta de Penaguião, enquanto presenteava o grupo de teatro com uma lembrança do concelho, recordou o enorme trabalho dos grupos de teatro não profissionais e enalteceu a qualidade técnica do Teatro Fórum Boticas numa peça que, na sua opinião, está muito bem construída e proporcionou uma noite fantástica em Santa Marta de Penaguião. A autarca referiu que a parceria com a Associação Vale d’Ouro é para manter e que espera que haja mais noites como esta, no futuro. Luís Almeida, presidente da Associação Vale d’Ouro confirmou a qualidade de mais um “enorme trabalho” do Teatro Fórum Boticas que continua a “surpreender pela abordagem que nos traz” e pela inovação que acrescenta às suas produções.

O festival segue agora para Mesão Frio onde o Teatro do Ave, pela primeira vez na Mostra de Teatro do Douro, apresenta “Flagrante Delitro”, um texto original de Agostinho Pinto encenado por Afonso Carvalho que r ecolhe um conjunto de declarações e explicações divertidas sobre a vida de personalidades relevantes da história portuguesa como o Zé Povinho ou Fernando Pessoa naquilo que o grupo de teatro classifica como um “delitro” de animação.

A Mostra de Teatro do Douro 2022 é organizada pela Associação Vale d’Ouro e tem espetáculos em sete pontos da região. Todas as informações estão disponíveis no site do evento: www.mostrateatrodouro.associacaovaledouro.pt . O espetáculo deste sábado em Mesão Frio tem entrada livre.


01 maio 2022